Cursos

Graduação

Todos os cursos de graduação da FPS utilizam o método ABP - Aprendizagem Baseada em Problemas. Essa metodologia é adotada nas melhores universidades do mundo. 

Enfermagem

Valorizar o ser humano e exercer a cidadania são os pilares do curso de Enfermagem da FPS. Com atividades de prática em Atenção Primária e objetivos de aprendizagem pré-definidos para cada período, os alunos aperfeiçoam seu currículo aprendendo e respeitando os princípios éticos e legais da profissão. A prática é realizada em todos os laboratórios do Campus assim como no nosso Hospital Ensino. 

Áreas de atuação
O Enfermeiro pode atuar nas dimensões de assistência, gestão, ensino e pesquisa como consultor, administrador, docente, pesquisador, perito e profissional liberal.
Os campos de atuação podem ser: instituições hospitalares e ambulatoriais, unidades básicas de saúde, serviços de atendimento domiciliar, creches, escolas, instituições de longa permanência para idosos, centros de reabilitação, indústrias, empresas, forças armadas, entre outros.

 

Renovação de Reconhecimento Portaria nº 821, de 30/12/2014 - DOU 02/01/2015

Farmácia

O curso de Farmácia da FPS é o primeiro do Brasil a utilizar a Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) como metodologia de ensino. Sua estrutura pedagógica teórico-prática está fundamentada na inclusão do aluno nas diferentes áreas do cotidiano do profissional.

 

Renovação de Reconhecimento Portaria MEC nº 135, de 01/03/2018 - DOU 02/03/2018

Fisioterapia

Valorizar o ser humano e adquirir habilidades técnicas com compromisso ético-social são os pilares do curso de Fisioterapia da FPS. Com atividades de prática comunitária e objetivos de aprendizagem pré-definidos para cada período, os alunos aperfeiçoam seu currículo aprendendo e respeitando os princípios éticos e legais da profissão. Além disso, nossos hospitais tem acesso as mais modernas técnicas de desenvolvimento de suas habilidades através da prática em nosso Hospital de Ensino, o IMIP.

 

Renovação de Reconhecimento Portaria MEC nº 135, de 01/03/2018 - DOU 02/03/2018

 

 

Medicina

O Curso de Medicina da FPS autorizado a funcionar através da Portaria do MEC nº 2.990 (DOU 01/09/2005) e reconhecido pela Portaria do MEC nº 24 (DOU 16/03/2012); tem duração de 6 anos em regime de horário integral; oferece 192 vagas por ano; e possui como processo seletivo vestibular, transferência, FIES, PROUNI e FormaSUS.

Clique aqui para conhecer a estrutura do curso. 

 

Reconhecido pela Portaria MEC Nº 821, de 22/11/2018 (DOU 26/11/2018)

Nutrição

O nutricionista é um profissional da área da saúde capacitado a atuar visando à segurança alimentar e à atenção dietética, este, possui importante papel na promoção, manutenção e recuperação da saúde, atuando também na prevenção de doenças de indivíduos e grupos populacionais. 
Mercado de Trabalho:
O nutricionista possui uma área de atuação profissional bem abrangente, podendo exercer sua profissão em consultórios, hospitais, escolas, creches, consultorias, home care, SPAs, academias e clubes desportivos, unidades de saúde, ensino, pesquisa, marketing, desenvolvimento de produtos e em unidades produtoras de refeições de hotéis e restaurantes.

 

Autorizado pela Portaria MEC Nº 112 - DOU 07/03/2013

Odontologia

A inovação é uma marca do curso de Odontologia da FPS, reconhecida pelo conceito máximo obtido no processo de autorização de funcionamento. O estudante tem a oportunidade de vivenciar durante a graduação diversos cenários de aprendizagem nas áreas das Ciências Biológicas e da Saúde, Ciências Humanas e Sociais e Ciências Odontológicas.

O egresso sairá com formação ética, humana, crítica, técnica e consciente do seu papel social, enquanto cirurgião-dentista.

 

Áreas de atuação

O cirurgião-dentista pode atuar tanto na área de clínica odontológica, quanto em atividades profissionais nos segmentos da gestão, ensino e pesquisa.

A carreira profissional requer compromisso com a formação continuada e pode ser:

  • Odontólogo ou gestor na rede de saúde do Serviço Único de Saúde (SUS), como: Unidades básicas de saúde (UBS/PSF), Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), Unidades de Pronto-Atendimento (UPA), Hospitais;
  • Autônomo ou contratado em consultórios e/ou clínicas odontológicas do segmento privado;
  • Gestor de empresas na área de odontologia, como clínicas, planos de saúde, clínicas radiológicas, indústrias e lojas de produtos odontológicos;
  • Gestor, Administrador, Consultor, Perito ou Auditor de Organizações Públicas ou Privadas em Saúde;
  • Docente em instituições de ensino públicas e privadas: nível técnico, graduação e pós-graduação;
  • Pesquisador em instituições de pesquisa ou ensino superior;
  • Odontólogo nas forças armadas, polícia militar e bombeiros.

Ato Autorizativo: Portaria MEC nº292 de 18/06/2019 (Publicada no D.O.U. 26/06/2019, Seção 1, pág.82)

Conceito de Curso MEC: 5

Psicologia

A proposta pedagógica do curso de Psicologia da FPS aposta na quebra das fronteiras rígidas entre as disciplinas, propiciando assim uma ação voltada para a participação ativa e criativa do estudante na construção de seu conhecimento. A necessidade de intervenção deve estar articulada ao contexto social, à capacidade de utilização dos recursos teóricos disponíveis e ao compromisso com a ética e a responsabilidade no âmbito da saúde.

 

Reconhecido pela Portaria n° 127, de 28/04/16 - DOU 02/05/2016

 

Mestrado

Conheça os cursos de Mestrado Profissional da FPS.

O Programa de Pós-graduação da FPS contempla o Mestrado Profissional em Educação para o  Ensino na Área de Saúde, que visa produzir conhecimento acadêmico e profissional a partir da investigação de situações relacionadas à educação e à prática do ensino na saúde, em sua interface nos diversos ambientes de serviço desta área. 

Mestrado Profissional em Psicologia da Saúde contempla uma área da Psicologia em ascensão no Brasil. Possibilitando novas propostas de atuação do psicólogo na contemporaneidade, favorece a interface com o Sistema Único de Saúde e promove a interlocução entre conhecimentos advindos das teorias com novas demandas sociais nos vários campos de atuação profissional. 

Mestrado Profissional em Educação para o Ensino na Área de Saúde

O Programa de Pós-graduação da FPS contempla o Mestrado Profissional em Educação para o Ensino na Área de Saúde que visa produzir conhecimento acadêmico e profissional a partir da investigação de situações relacionadas à educação e à prática do ensino na saúde, em sua interface nos diversos ambientes de serviço desta área. Trata-se de um programa stricto sensu de cunho multiprofissional que discute de forma ativa e inovadora as dimensões do processo cognitivos de aprendizagem, pesquisa e elaboração de projetos educacionais na saúde, com ênfase nos processos avaliativos, análise e (re)desenho curricular, desenvolvimento de expertise educacional e habilidades profissionais e práticas docentes em múltiplos ambientes de aprendizagem com vistas a interdisciplinaridade. O principal objetivo do Programa é prover formação pós-graduada avançada para docentes das diversas áreas do conhecimento e preceptores da área de saúde, tornando-os altamente qualificados para pesquisa, docência e desenvolvimento do ensino na área de saúde, formando um perfil de docente mais crítico, reflexivo e inovador na sua atuação profissional. O programa iniciou em 2011 e utiliza como base, metodologias ativas com a participação de docentes e discentes na construção colaborativa do conhecimento.


Área de Concentração: Educação na Área de Saúde

Coordenador do curso:
PROF. JOSÉ ROBERTO DA SILVA JUNIOR
roberto.junior@fps.edu.br 

Coordenadora Adjunta:
PROF. JULIANY VIEIRA
julianyvieira@fps.edu.br

Mestrado Profissional em Psicologia da Saúde

O Mestrado Profissional em Psicologia da Saúde contempla uma área em ascensão no Brasil. Além de possibilitar novas propostas de atuação em uma perspectiva interdisciplinar, favorece a interlocução com o Sistema Único de Saúde e promove a integração entre conhecimentos advindos de teorias e demandas sociais nos vários campos de atuação em profissionais da psicologia, educação e saúde em geral. Trata-se de um programa pioneiro na região norte e nordeste.

A proposta objetiva desenvolver competências profissionais, implementar programas de avaliação e intervenção, ampliar e aperfeiçoar práticas em diferentes contextos, públicos ou privados, nos quais são observadas condições de vulnerabilidade, de adoecimento e agravos a saúde física e mental da população.

Ao final espera-se que o mestrando, através da interface entre conhecimentos acadêmicos e a psicologia da saúde aplicada, desenvolva produtos educacionais,  metodologias, tecnologias e intervenções transformadoras e resolutivas.  

O curso é regulamentado pela Coordenação de aperfeiçoamento de Pessoal de nível Superior (CAPES) vide número 727/2016 homologado na reunião 163 do Conselho Técnico Científico (CTC) da CAPES em 05/10/2016.

 

Área de concentração: Psicologia da Saúde


Coordenador do curso:
PROF. LEOPOLDO BARBOSA, Dr.
leopoldo@fps.edu.br

Vice-coordenadora do curso:
PROFª MÔNICA MELO, Dra.

 

Aprovado na 163ª reunião do CTC/CAPES de abril de 2016

Pós-graduação Lato Sensu (Especialização)

Nos últimos anos, as profissões na área de saúde estão enfrentando diversas transformações devido ao avanço científico-tecnológico e às mudanças no perfil e comportamento da sociedade.
As escolas de saúde têm respondido a tais mudanças e novos paradigmas com o desenvolvimento de modelos curriculares e estratégias educacionais que buscam cada vez mais conectar o cenário educacional ao da prática profissional, a fim de formar profissionais com habilidades indispensáveis para atuar nas novas situações apresentadas pelos sistemas de saúde do país.
Esta realidade se torna ainda mais relevante no contexto da formação profissional continuada, no que concerne a especialização e o aprimoramento de competências na área de saúde.

 

CONTATO COORDENAÇÃO

Prof. Rafael B. Oliveira
rafael.oliveira@fps.edu.br
Currículo Lattes
(81) 3035-7777

CONTATO SECRETARIA

Secretaria Acadêmica da FPS
Atendimento das 9h às 16h
Bloco Administrativo
João Thiago Acioly
joao.acioly@fps.edu.br
(81) 3035-7777

POLÍTICA E REGIMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

Confira aqui  a Política e Regimento Geral da PGLS da FPS

RESOLUÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO/CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR (CNE/CES)

Confira aqui a Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018, do CNE/CES/MEC

Acesso ao fórum

Clique aqui e acesse o fórum

Inscrições

Clique aqui e inscreva-se

Cuidados Paliativos

A Organização Mundial de Saúde definiu em 2002 os Cuidados Paliativos como uma abordagem que melhora a qualidade de vida de pacientes e familiares diante de doenças que ameacem a continuidade da vida. Para isto, é necessário avaliar e controlar de forma impecável não somente a dor, mas, todos os sintomas de natureza física, social, emocional e espiritual. Os profissionais envolvidos com os Cuidados Paliativos devem reunir as conhecimentos, habilidades e atitudes para ajudar os doentes a adaptar-se às mudanças de vida impostas pela doença para que tenha uma vida digna e com qualidade.

Neste contexto, o curso de Pós-graduação em Cuidados Paliativos se destaca no meio acadêmico por ter como objetivo desenvolver as competências necessárias àqueles que atuam no cuidado a indivíduos com doenças graves, limitante ou potencialmente fatais prevenindo sofrimento e melhorando a qualidade de vida deles e de suas famílias. 

Atende integralmente a Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018 do CNE/CES/MEC. Portaria Institucional FPS nº 02 de 16 de março de 2015.

Enfermagem em Obstetrícia

Atualmente reconhece-se que a inserção do Enfermeiro Obstetra nas linhas de cuidado do SUS apontam para uma significativa relação entre a melhoria da prática obstétrica e a redução das taxas de mortalidade materna. Além de conhecimentos e habilidades, o Enfermeiro Obstetra tem sua atuação fundamentada na ética, valores e capacidade para a prática reflexiva, compreendendo o fenômeno da reprodução como singular, contínuo e saudável, no qual a mulher é o foco central.

Neste contexto, o curso de Pós-graduação em Enfermagem em Obstetrícia se destaca por investir na capacitação dos Enfermeiros, capazes de fazer uso de suas habilidades e conhecimentos de diferentes maneiras e em diferentes contextos, atendendo a mudança do modelo assistencial atual, visando à humanização do parto e nascimento com ênfase nas melhores evidências cientificas.

Atende integralmente a Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018 do CNE/CES/MEC. Portaria Institucional FPS nº 04, de 19 de dezembro de 2013.

Farmácia Oncológica: Manipulação e Serviços Clínicos

A magnitude do adoecimento, a prevalência do câncer e a sobrevida estendida conferem importância na capacitação de profissionais na área da saúde para atuarem em todos os níveis de atenção oncológica. Neste sentido, o profissional especializado é escasso no mercado de trabalho não atendendo as demandas desta realidade.
A atividade requer profissionais com bom relacionamento interpessoal para transmitir informações aos pacientes, cuidadores e a equipe multiprofissional e conhecimento clínicos especializado.

Neste contexto, o curso de Pós-graduação em Farmácia Oncológica se destaca no meio farmacêutico com o propósito de aprimorar – de modo teórico e prático – as competências profissionais daqueles que atuam ou desejam atuar no segmento oncológico, fornecendo fundamentos para uma abordagem farmacêutica, que contribui para a promoção do uso racional de medicamentos e melhorias na qualidade da assistência prestada ao paciente. Sendo uma necessidade dos próprios profissionais que atuam não somente na área específica da oncologia, mas que assistem pacientes oncológicos em outras frentes.

Atende integralmente a Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018 do CNE/CES/MEC. Portaria Institucional FPS nº 02 de 16 de março de 2015.

Fisioterapia em Saúde da Mulher

O projeto do curso de Especialização em Fisioterapia em Saúde da Mulher proposto surge das reflexões acerca da dificuldade para os profissionais fisioterapeutas vivenciarem uma pratica abrangente em saúde da mulher. No IMIP há um serviço oferecido pela Fisioterapia exclusivo para saúde da mulher. O serviço ganhou força em 2009 e tem uma demanda crescente de mulheres interessadas no atendimento do ambulatório nesses 10 anos. Dessa forma, com o crescimento do serviço surgiu a ideia de criar a oportunidade para outros profissionais acompanharem um serviço tão rico em procedimentos oferecidos pela fisioterapia.  A longo das turmas já concluídas da pós-graduação em fisioterapia em saúde da mulher os estudantes destacaram a riqueza da oportunidade de vivenciar o estágio no IMIP, como segue em relato:

“O estágio realizado foi bastante satisfatório, pois tive a oportunidade de conhecer a rotina e a prática de profissionais de vários setores. Tive experiência com pacientes com diversas patologias, observando abordagens de profissionais da área de fisioterapia e da área médica, além de realizar procedimentos fisioterapêuticos que me acrescentaram muitas experiências, possibilitando aprendizagens para minha prática profissional, permitindo colocar em prática as teorias estudadas durante o curso.”

Atende integralmente a Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018 do CNE/CES/MEC. Portaria Institucional FPS nº 09, de 28 de novembro de 2011.

Medicina Paliativa

Numerosos estudos revelam que indivíduos com doenças crônicas estão morrendo após hospitalização prolongada ou em terapia intensiva, muitas vezes com dor e que suas preferências quanto a tratamentos de suporte de vida não são discutidas e documentadas de forma adequada, ou mesmo respeitadas. Os Cuidados Paliativos poderiam satisfazer estas lacunas, porém a falta de conhecimento e treinamento na área ainda é um fator limitante. 

Neste contexto, o curso de Pós-graduação em Medicina Paliativa se destaca no meio acadêmico por ter como objetivo desenvolver as competências necessárias àqueles que atuam no cuidado a indivíduos com doenças graves, limitante ou potencialmente fatais prevenindo sofrimento e melhorando a qualidade de vida deles e de suas famílias. Somado a isto, sabe-se que o respeito aos princípios dos cuidados paliativos é um dos passos a ser atendido para acreditação de uma instituição pela Joint Commission on Accreditation of Healthcare Organizations (JCAHO), também conhecida como Joint Commission International (JCI). Este é um organismo de acreditação de unidades de saúde dos Estados Unidos, que nos últimos anos vem acreditando hospitais brasileiros também. 

Atende integralmente a Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018 do CNE/CES/MEC. Portaria Institucional FPS nº 32, de 03 de dezembro de 2018.

 

Metodologias Ativas e Educação na Área de Saúde

Nas últimas décadas, as profissões da área de saúde têm enfrentando diversas transformações devido ao avanço científico, tecnológico e às mudanças no comportamento da sociedade.

As escolas de saúde têm encarado o desafio de reformar seus fundamentos educacionais e programas de ensino, bem como promover o desenvolvimento de novos modelos de currículo, sistemas avaliativos e de estratégias educacionais inovadoras, a fim de formar profissionais competentes com habilidades e comportamentos relevantes para atuar neste novo cenário.

Neste contexto, o curso de Pós-graduação em Metodologias Ativas e Educação na Área de Saúde se destaca no meio acadêmico-profissional com o propósito de aprimorar – de modo real, contextual e prático – as competências profissionais daqueles que atuam na educação aplicada à área da saúde, seja com planejamento e gestão educacional, ou na docência em faculdades e escolas de saúde, e em hospitais através de programas de residência e de estágio clínico.

Psicologia Clínica Hospitalar

O investimento na saúde em Pernambuco aponta para o grande desenvolvimento do estado nesta área, surgimento de novos hospitais e unidades de saúde, e interesse de muitos psicólogos para atuação no contexto clinico hospitalar. Entretanto, a atuação nesta área exige o domínio de competências profissionais especificas (conhecimentos, habilidades e atitudes) para o exercício profissional ético e humanizado junto à equipe de saúde, pacientes e familiares. 
Apenas a graduação em Psicologia não possibilita ao profissional o desenvolvimento de tais competências, evidenciando assim a necessidade de capacitação e atualização para o manejo das demandas psicológicas no Hospital Geral. Inclusive, alguns hospitais têm exigido pós-graduação nesta área em processos seletivos para psicólogo.
Sendo assim, o curso de Especialização em Psicologia Clínica Hospitalar vem proporcionar aos psicólogos a oportunidade de conhecer, refletir, aplicar e se aprofundar em questões teórico-metodológicas relacionadas à prática da psicologia clínica hospitalar. Visa também agregar valor à prática do psicólogo, fornecendo ao profissional uma formação com uma visão integral e cidadã do indivíduo, a partir de uma perspectiva de acessibilidade e direitos humanos no cenário hospitalar. 
Além disso, propõe uma análise da atuação do psicólogo hospitalar sob  referencial interdisciplinar e da articulação de conhecimentos teóricos e práticos diante das repercussões emocionais e psicossociais advindas das diversas formas do adoecimento.
O Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira - IMIP  é o maior complexo hospitalar de ensino do Norte-Nordeste, coloca à disposição dos estudantes da FPS cenários variados como campo de prática profissional. Esses cenários são utilizados no processo de aprendizagem nas atividades de prática dos cursos de pós-graduação da FPS.

 

Atende integralmente a Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018 do CNE/CES/MEC. Portaria Institucional FPS nº 09, de 28 de novembro de 2011.

CONHEÇA A FPS

Faculdade Pernambucana de Saúde
Faculdade Pernambucana de Saúde

Mais que uma faculdade de saúde. Somos a FPS.

A FPS surgiu em 2005 da aliança entre a Associação Educacional Boa Viagem (AEBV) e a Fundação Alice Figueira do IMIP. Trata-se de uma junção de competências acadêmicas e administrativas, baseada em amplo conhecimento das atividades relacionadas ao ensino, a pesquisa e a extensão de nível superior.