Clique aqui e seja FPS

Enfermagem

Atualizado em :03/11/2017 10:02:30

Reconhecido pela Portaria Nº 431, de 21 de outubro de 2011 - Publicada no DO 24 de outubro de 2011

Valorizar o ser humano e exercer a cidadania são os pilares do curso de Enfermagem da FPS. Com atividades de prática comunitária e objetivos de aprendizagem pré-definidos para cada período, os alunos aperfeiçoam seu currículo aprendendo e respeitando os princípios éticos e legais da profissão. A prática hospitalar é realizada em todos os laboratórios do Campus assim como no nosso Hospital Ensino. 

Áreas de atuação
O Enfermeiro pode atuar nas dimensões de assistência, gestão, ensino e pesquisa como consultor, administrador, docente, pesquisador, perito e profissional liberal.
Os campos de atuação podem ser: instituições hospitalares e ambulatoriais, unidades básicas de saúde, serviços de atendimento domiciliar, creches, escolas, instituições de longa permanência para idosos, centros de reabilitação, indústrias, empresas, forças armadas, entre outros.
 

O curso de Enfermagem da Faculdade Pernambucana de Saúde - FPS é desenvolvido de forma presencial com 4430 horas dispostas em 5 anos de integralização. As atividades teóricas e de laboratórios de habilidades são desenvolvidas no campus localizado na cidade do Recife, enquanto as atividades em cenários de prática real, na Rede do Sistema Único de Saúde, tendo o Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira - IMIP como hospital de ensino conveniado.

O curso de enfermagem da FPS tem como diferenciais:
- O Aprendizado Baseado em Problemas (ABP) como metodologia educacional, que promove a aprendizagem ativa, construtiva, contextual, cooperativa e autodirigida. Para o desenvolvimento dessa proposta utiliza-se como veículo principal o grupo tutorial. A dinâmica tutorial fundamenta-se em encontros, duas vezes por semana, com no máximo 12 estudantes por grupo, distribuídos de forma randômica e facilitados por um tutor.  A metodologia ABP parte de uma situação problema para a formulação dos objetivos de aprendizagem, que irá subsidiar o estudo individual e posterior compartilhamento do conhecimento no grupo tutorial.  No intervalo das tutorias, o estudante participa do ambiente virtual de aprendizagem mediado pelo tutor.
 
- A organização curricular é distribuída por módulos compostos por conteúdos que integram os diversos saberes da enfermagem.
 
- A inserção dos estudantes no campo de prática ocorre já no primeiro período, tendo como cenário prioritário as Unidades de Saúde da Família e a partir do 4º período, iniciam a prática hospitalar no IMIP com seguimento até o final do curso.
 
- O acompanhamento do processo de formação do estudante ocorre diariamente nos diversos cenários de aprendizagem.
 

Formar o Enfermeiro generalista crítico e reflexivo, com competência técnico-científica, ético-política, com vistas à transformação da realidade social, valorizando o ser humano em sua totalidade e, no exercício da cidadania, respeitando os princípios éticos e legais da profissão, com base nos princípios da equidade, integralidade, interdisciplinaridade e solidariedade.

As áreas temáticas imprimem uma dinâmica na proposta pedagógica, tendo como preocupação central a inter-relação dos conhecimentos sem superposição de conteúdos. Esta proposta é desenvolvida em estruturas de módulos obrigatórios, e/ou atividades acadêmicas complementares, com graus de complexidade crescente, obedecendo os objetivos do processo de formação.

O curso de Enfermagem propõe quatro eixos temáticos: 
- Bases Biológicas Humanas e Sociais do Trabalho em Saúde/Enfermagem;
- Bases Teórico-metodológicas do Trabalho de Enfermagem;
- Processo Assistir/Investir e Gerenciar da Enfermagem;
- Processo Ensinar/Aprender e Investigar da Enfermagem.

- Laboratório de Habilidades e Semiologia;
- Laboratório de Anatomia Imagem;
- Laboratório de Anatomia Modelos;
- Laboratório de Anatomia Dissecção;
- Laboratório de Habilidades, Procedimentos e Reanimação;
- Laboratório de Recursos Digitais;
- Laboratório de Comunicação.

Na atividade de prática comunitária, desde o primeiro período, os estudantes são divididos em grupos, com objetivos de aprendizagem pré-definidos para cada período. Os alunos frequentam uma unidade do Programa de Saúde da Família (PSF) sob a supervisão permanente de preceptores clínicos treinados. A atividade começa na primeira semana do curso e segue até o último período, com graus crescentes de autonomia.

Os estudantes podem ingressar via Vestibular, Seleção pela nota do Enem, Transferência ou como Portador de diploma. 
Todos os editais das seleções ficam disponíveis no site da instituição durante os processos. 

Coordenador do curso:

Maria Cristina dos Santos Figueira, MSMI.

cristinafigueira@fps.edu.br Currículo Lattes

Duração: 5 anos
Horário: Tarde

Clique aqui e seja FPS