A Projeto Pedagógico do Curso de Psicologia da Faculdade Pernambucana de Saúde - FPS acredita  na formação integral do estudante-cidadão.  Promove, por meio da sua matriz pedagógica modular, ações voltadas à participação ativa e criativa do estudante na construção de seu conhecimento. A prática, desde o primeiro período, está articulada à necessidade de aprender para intervir em sintonia com as demandas sociais e com recursos teóricos e metodológicos disponíveis, aliados ao compromisso com a ética e a responsabilidade nos âmbitos da saúde e da sustentabilidade planetária.

 

Reconhecido pela Portaria n° 127, de 28/04/16 - DOU 02/05/2016

 

aluna com camisa verde

O Curso

O Curso de Psicologia da Faculdade Pernambucana de Saúde - FPS  tem sua proposta  curricular sustentada por eixos,  onde os conteúdos são trabalhados, de modo integrado, através de metodologias ativas de aprendizagem. As atividades apresentadas por módulos atravessam toda a matriz em grau crescente de complexidade. São elas: práticas, oficinas, laboratórios, tutorias e integração, além dos estágios específicos nos dois últimos períodos. O currículo está voltado para o compromisso com os valores éticos, sociais, da qualidade de vida e sustentáveis, priorizando o trabalho colaborativo, a prevenção, promoção e o cuidado da saúde mental.

Objetivos

Graduar psicólogos capazes de manter postura questionadora e reflexiva, de intervir com ética e responsabilidade, de trabalhar interprofissionalmente priorizando a saúde integral do sujeito e da coletividade.

Eixos temáticos

Os eixos temáticos direcionam ou sustentam a dinâmica da proposta pedagógica em todos os períodos e atividades, com grau crescente de dificuldade e complementariedade entre os conteúdos.

São eles: 

  • Ética do desejo e da responsabilidade; 
  • Desenvolvimento e Comportamento Humano;
  • Dinâmica e Relações Humanas;
  • A constituição da subjetividade: o sujeito, o seu meio e a cultura.

Laboratórios

Os laboratórios oferecem a oportunidade de aliar os conteúdos da teoria trabalhados nas tutorias e nas oficinas com o exercício da prática:

  • Laboratório de Anatomia e Modelos (1º período)
  • Laboratório de Recursos Digitais I (1º período)
  • Laboratório de Comunicação (2º período)
  • Laboratório de Psicologia Experimental (2º período)
  • Laboratório de Observação da relação pais-bebês (3º período)
  • Laboratório de Recursos Digitais II (3º período)
  • Laboratório de Recursos Digitais III (4º período)
  • Laboratório de Avaliação e Medidas I e II (5º e 6º períodos)
  • Laboratório de Comunicação (5º período)
  • Laboratório de Comunicação e Ética Profissional (6º período)
  • Laboratório de Produção Científica I e II (7º e 8º períodos)
  • Laboratório Ênfase 1-  Psicologia da Saúde I: Prevenção e Promoção I e II (7º e 8º períodos)
  • Laboratório da Ênfase 2 - Processos Clínicos e Avaliação Diagnóstica  I e II (7º e 8º períodos)

Prática profissional

A atividade prática é oferecida desde o início do curso, iniciando com visitas de observações aos Serviços de Prática da Atenção Primária (PAP). Os estudantes participam de atividades observacionais  e práticas com nível crescente de complexidade, em diversos ambientes da rede estadual, municipal, ONGs e iniciativas privadas. Desenvolvem atividades no Programa de Saúde da Família (PSF), nas Comunidades, nas Creches, nas Escolas, nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), no Hospital (IMIP), em Dinâmica das Relações Humanas (RH) e em Saúde Mental. A articulação  teoria/prática é promovida nas Oficinas de Trabalho em Psicologia, nos laboratórios e nas Integrações. No último ano do curso, os conteúdos são apresentados nos Seminários Multiprofissionais, com o suporte dos laboratórios e das Oficinas de Estágio I e II.

Pesquisa

A Pesquisa na FPS, realizada de modo indissociável com o ensino e a Extensão, permeia todos os níveis de aprendizagem, e tem por objetivo a produção do conhecimento, o desenvolvimento do espírito crítico e do pensamento analítico. Transversalmente, do início ao final do curso, os conteúdos são trabalhados nos Laboratórios de Recursos Digitais I, II e III e nos Laboratórios de Produção Científica I e II. As prioridades são:


I. Desenvolver o compromisso com a responsabilidade social, ambiental e a de sustentabilidade;
II. Propiciar o fluxo teoria-prática, a partir de eixo articulador das atividades de ensino e de extensão; 
III. Fomentar a iniciação científica no processo investigativo;
IV. Produzir e disseminar o conhecimento técnico-científico;
V. Incentivar o desenvolvimento e a consolidação de Grupos de Pesquisa;
VI. Promover o desenvolvimento de programas de pós-graduação.

extensão

As mudanças no mundo contemporâneo conferem às Instituições de Ensino Superior um papel estratégico no desenvolvimento das sociedades. Diante dessa realidade, em consonância com sua missão e considerando as diretrizes nacionais para as IES, a FPS propõe-se  desenvolver uma política de extensão articulada com o ensino e a pesquisa, em busca da construção de um projeto societário que permita, de forma efetiva concretizar uma pauta de inclusão social, de formação cidadã e humanista, na perspectiva de desenvolvimento sustentável e da qualidade de vida.
Desta forma, são desenvolvidos projetos, programas e atividades de extensão com o objetivo principal de promover a cidadania, entendendo que ensino, pesquisa e extensão são atividades indissociáveis e complementares, e quando articuladas produzem ações que contribuem tanto para o desenvolvimento cidadão e profissional do estudante como para a melhoria e transformação da sociedade.
Para sistematizar essas atividades, a Política de Extensão da FPS trabalha com oito áreas temáticas:

Comunicação
Cultura
Direitos humanos e justiça
Educação
Saúde
Meio ambiente
Tecnologia e produção
Trabalho

Clique aqui e conheça as atividades de extensão da FPS.

 

Formas de Ingresso

Os estudantes podem ingressar por meio do vestibular, seleção pela nota do ENEM, transferência ou como portador de diploma. 
Todos os editais das seleções ficam disponíveis no site da instituição durante os processos. 

Nivelamento

Curso de Linguagem, Escrita e Produção Acadêmica
Curso de Inglês

Módulo Optativo: LIBRAS

Período: 1º ao 8º
Carga horária: 40 horas
Ementa: Aquisição básica da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS e desenvolvimento de conhecimentos referentes à pessoa surda e seu contexto linguístico cultural com foco na assistência à saúde. 

 

Andréa Echeverria, MSMI.

Coordenador do curso